Afinal, dá ou não para rodar de moto pelo Tibet?

postado em: Blog, Expedição, Viagens | 0

 

Todo mundo já viu e ouviu maravilhas sobre o Tibet. Filmes, livros, reportagens… É a região mais alta do mundo com uma média de 4.500 metros acima do mar. É de lá que se chega ao Monte Everest, a montanha mais alta do mundo com seus incríveis 8.848 metros. As montanhas nevadas são de uma beleza inacreditável. O Tibet é também lembrado por sua cultura milenar e pela intensidade sempre presentes dos Monges Budistas. E claro, do Dalai Lama, o líder máximo religioso. O Tibet consegue ser extraordinário pela sua natureza brutal, pela sua história e pela sua cultura milenar.

Por tudo isso o Tibet tornou-se um destino desejado por uma legião de turistas e um verdadeiro sonho para muitos motociclistas mundo afora, principalmente na Europa. Mas não é fácil conseguir rodar por lá.

O Tibet é uma região administrativa autônoma da China. Assim como em todo território chinês, circular por lá exige uma série de autorizações e pilotar seu próprio veículo não é permitido sem o acompanhamento de um guia credenciado pelo governo local. No Tibet ainda é preciso tirar uma espécie de CNH provisória tibetana. Toda essa complexidade frustrou o sonho de muita gente.

Alguns tinham tanta vontade de rodar por lá que em 2005 um francês entrou ilegalmente vindo do Cazaquistão e pelo norte da China, depois conseguiu chegar até Beijing onde foi detido. Felizmente tudo acabou bem e ele um publicou um livro sobre esse episódio deixando mais gente ainda sonhando.

Durante nossa “Expedição 5 Continentes” várias vezes chegamos a “beliscar” as fronteiras chinesas na esperança de conseguirmos alguma forma de seguir sozinhos. Fizemos isso na Sibéria, na Mongólia e no Cazaquistão e nada…

Agora tudo isso está equacionado. Esse negócio de que não dá para rodar de moto pelo Tibet, ficou no passado.

Montamos um tour para levar um grupo de brasileiros na segunda quinzena de setembro deste ano. Temos uma frota novinha de motos BMW G310GS e F800GS, um guia autorizado pelo governo local e certificado pela BMW; montamos um roteiro incrível; resolvemos como obter as licenças e CNHs locais; teremos um veiculo de apoio e toda infraestrutura necessária. Você vai poder viver uma experiência inesquecível de moto pelo Tibet!

Pense só no tamanho dessa experiência!  Única, marcante, que vai ficar para a vida toda. A natureza brutal e uma cultura milenar em um só lugar.

Imagine você rodando de moto pelas montanhas mais altas do mundo, descobrindo os segredos de uma cultura milenar, encontrando povos nômades, passando por picos nevados, vales imensos, lagos azul turquesa e cruzando por vários passos a mais de 5.000 metros de altura.

Você vai descobrir a imponência dos principais monastérios Tibetanos, cidades esquecidas e a antiga residência do Dalai Lama. De moto você vai desbravar paisagens de tirar o folego pelo Himalaia até chegar ao Campo Base do Everest. Vai ser uma experiência intensa, para guardar para toda vida.

Corrigindo então o título deste post, melhor dizer: “NÃO DÁ PARA NÃO RODAR DE MOTO PELO TIBET!” É uma experiência imperdível!  Vem com a gente mundo afora!

Vamos? Veja mais detalhes desta viagem de moto para o Tibet aqui ou nos envie um Whatsapp pelo (11) 9 4152-2516

Marcelo Leite
DWQ Expedições

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.